Penny Dreadful S02E03 – The Nightcomers [RECAP]

O terceiro episódio de Penny Dreadful chegou, passou, e muita gente não entendeu (risos).

Penny Dreadful S02E03 ficou um tanto descontextualizado da série. Sem muita emoção, sem suspense, agitação, lutas, sangue ou euforia.

“Será que seremos sempre assim? Enganados pelos olhos, pegos em armadilha pelas aparências… Penny Dreadful nos faz pensar sobre nós mesmos nesse episódio.”

A terceira parte da segunda temporada de Penny Deadful serviu mais como um recap do passado de Vanessa, dando algumas explicações a respeito das bruxas que vem com toda força nessa temporada.

O episódio mostra como Vanessa as conheceu, quem elas são, de onde vieram e porque estão ali.

De resto, o episódio é bem sem graça. Morto, morno, não traz avanço no tempo cronológico da série e não mostra nada de novidade na vida dos outros personagens.

[ATENÇÃO: OS PRÓXIMOS PARÁGRAFOS CONTÉM SPOILERS]

Se você não liga para isto e quer saber algumas novidades do episódio, continue lendo!

Vanessa Ives aparece perdida, cansada e suja, em meio ao nada, na porta da casa de uma velha EXTREMAMENTE ASSUSTADORA e misteriosa.

Penny Dreadful S02E03 - The Nightcomers [RECAP]

Penny Dreadful S02E03 – The Nightcomers [RECAP] / showtime

Mas quando você pensa que ela está em perigo e que a creepy senhora de cabelos cinzentos irá machucar a nossa querida protagonista, você se engana ridiculamente! É exatamente o contrário disso!

A bruxa idosa é, na verdade, a “bruxa do bem”. Apesar de ser amaldiçoada e renegada pelos habitantes locais, ela na verdade só faz ajudar sua comunidade e zelar pelo bem estar das mulheres (especialmente das mulheres).

Ela é feia, velha, estranha, cinzenta e séria demais para que simpatizemos e não tenhamos medo a primeira vista. Porém, isto é um paradoxo interessante criado pelos diretores de Penny Dreadful. A bruxa bonita, interessante, charmosa e envolvente é, na verdade, a “bruxa má”: Madame Kali, a irmã da “bruxa boa”, que nos assusta ao primeiro olhar.

Será que seremos sempre assim? Enganados pelos olhos, pegos em armadilha pelas aparências… Penny Dreadful nos faz pensar sobre nós mesmos nesse episódio.

Talvez seja este o único grande mérito do S02E03, pois, em geral, a sensação que fica é que o episódio inteiro poderia ter sido condensado em duas ou três cenas, em 10 minutos dentro de um outro episódio mais movimentado e mais interessante.

Por algum motivo os produtores decidiram que valeria utilizar um episódio inteiro para contar a história. Eu, em minha humilde opinião, discordo.

Enfim… fica a dica para que você, amigo leitor, alinhe suas expectativas e não se decepcione!

Assista e depois me conte. Fui muito dura na crítica?

Espero que não (risos).

Aguardo vocês no Penny Dreadful S02E04.

Até lá!

1

Leave A Comment

Your email address will not be published.