Game of Thrones S05E07 – The Gift [RECAP]

Game of Thrones – The Gift, ou Game of Thrones S05e07 chegou e, por incrível que pareça, passou e não deixou grandes surpresas pelo caminho. Apenas duas, eu diria. Grandes! Mas… apenas duas.

Um episódio morno, sem muitas emoções. Apenas o seu final nos reserva aquela tão esperada taquicardia! No final do episódio, finalmente, a gente prende a respiração e só solta quando a emoção acaba.

Acaba? Não, na verdade ela não acaba. Ela nos deixa com aquela vontade absurda de ver o próximo episódio e saber o que acontece a seguir. Porém, infelizmente, amigos, é só no final do episódio…

Mas vamos ao que interessa!

[ALERTA SPOILER! Se você não assistiu e não quer saber antes, pare por aqui.]

“Acho que nada, NADA NESSE MUNDO, poderia ter sido mais emocionante e mais prazeroso para nós, telespectadores. Não é mesmo? Quem gritou ou vibrou nessa cena levanta a mão!”

Game of Thrones S05E07 – The Gift [RECAP]

Game of Thrones S05E07 – The Gift [RECAP]

Ou, se você quer saber de tudo o que aconteceu, me acompanhe pelos próximos parágrafos.

Em ordem cronológica, vamos elencar os acontecimentos importantes (mesmo que entediantes) deste episódio:

1º) Meister Aemon morre. Sim, gente! O velhinho mais querido da muralha nos abandona nesta quinta temporada. E o mais triste é que ele não morre de forma emocionante. Ele simplesmente morre de velhice, doente, acamado, delirante. Sério mesmo, George R.R Martin? Really, HBO?

2º) Sansa, a “mosca morta” de Game of Thrones, continua, como dizer… “mosqueando” (risos). A cena de Ramsey Bolton guiando Sansa Stark pelos caminhos de Winterfell até o pátio congelado é extremamente incômoda. A direção de Game of Thrones sabe como nos deixar enojados. Ramsey Bolton é repugnante! E a inércia de Sansa, mesmo após ter sofrido um estupro, é ainda mais revoltante. Por hora, o que temos para o casal Bolton X Stark é isso. Mais peripécias de Ramsey, mais submissão de Sansa. E Theon, de quem esperávamos muito, parece não retomar sua força nem sua altivez. Continuamos aguardando pela sua reviravolta, Theon Greyjoy… se é que ela virá.

3º) Sam, de forma bizarra e descontextualizada, finalmente transa com Gilly. Após apanhar dos “irmãos” da patrulha da noite, tentando defender Gilly, que foi quase estuprada por eles. Quando os agressores vão embora, espantados pelo lobo de Jon Snow, Ghost, Gilly resolve subir na cama e (como uma forma de agradecimento?) fazer sexo com Sam. E mais uma vez eu digo: Sério George R.R. Martin? Really, HBO? Após ser molestada ela resolve que é um bom momento para sexo?

4º) Sir Jorah e Tyrion são vendidos como escravos lutadores para os torneios de Meeren. E agora, com esta venda concretizada, Sir Jorah e Tyrion finalmente chegam até Daenerys! Uma das cenas mais emocionantes de toda a temporada de Game of Thrones: Sir Jorah, ao ouvir outros lutadores reverenciarem à rainha, levanta e invade a arena, derrubando todos os homens em luta, sem dar um golpe de espada, e se mostra para Khaleesi.

Enquanto isso, Tyrion, desesperado, tenta serrar as correntes em seus pulsos para chegar até a rua e se apresentar para Daenerys também. Quando finalmente ele consegue se libertar e correr, aparece o significado do título do episódio “The Gift” (O Presente): ele mesmo, Tyrion Lannister, é o presente para Daenerys Targaryen.

Game of Thrones S05E07 – The Gift [RECAP]

Game of Thrones S05E07 – The Gift [RECAP]

E os nossos corações, amigos, como ficam? Palpitantes!

5º) Littlefinger parece tentar, mais uma vez, fazer um de seus acordos sombrios: oferecer o seu enteado, herdeiro do Ninho da Águia, para aliança matrimonial com os Tyrell. A que tudo indica, veremos consequências desse acordo somente na próxima temporada, pois agora este não parece ser o foco ou ter grande importância na história atual. Será?

4º) O final, confome eu cite lá no início do texto, é o mais emocionante deste episódio:

Cersei, por fim, é presa! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim! Sim!

Após chafurdar sobre Margaery no calabouço onde ela está detida, a “Queen Mother” é pega pelos pardais e aprisionada. Acho que nada, NADA NESSE MUNDO, poderia ter sido mais emocionante e mais prazeroso para nós, telespectadores. Não é mesmo? Quem gritou ou vibrou nessa cena levanta a mão! (risos)

FINALMENTE ela tirou aquele sorrisinho irônico da cara! E o público fã de Game of Thrones delira!!!

Espero que os próximos episódios mantenham o alto nível de adrenalina que este final nos deixou.

Uau!

Nos vemos no episódio oito de Game of Thrones!

Até lá, gente!

1

Leave A Comment

Your email address will not be published.