ARYA STARK, “No One” :: S06E08 de Game of Thrones

Arya Stark e Lady Crane, apesar de aparecerem em poucas cenas do oitavo episódio de Game of Thrones, trazem mensagens profundas e revolucionárias para a temporada. Não parece. Mas se você prestar atenção…

O oitavo episódio da série ainda não trouxe o clímax da temporada. Continuaremos, ao que parece, até o fim da S06 esperando pela ação, pelo sangue e pela grande batalha de tirar o fôlego. Por enquanto, ficamos com as mensagens e as sutilezas.

E falando em sutilezas…

[alerta de spoiler para os próximos parágrafos]

ARYA STARK, "No One" :: S06E08 de Game of Thrones

ARYA STARK, “No One” :: S06E08 de Game of Thrones

A primeira cena que aparece é Lady Crane interpretando Cersei. Ela muda o texto final, conforme sugerido por Arya, e diz que buscará vingança pela morte de Joffrey, mesmo que isso custe sua vida. Apesar de não estar na pele de Cersei e jamais tê-la conhecido, Lady Crane dá a mensagem mais forte dessa temporada de Game of Thrones: Cersei, de fato, dará a própria vida pela sua vingança, se isso for necessário. E pelo jeito… será!

O próximo núcleo de cenas trata de “Cão” e a irmandade (Brotherhood without Banners). Aqueles homens que apareceram há muitas temporadas e nunca mais foram citados na série. Agora, nessa sexta temporada, a reaparição da irmandade se faz bem marcante. Afinal, eles são regidos pela crença do Deus da Luz, e um deles já foi trazido de volta à vida inúmeras vezes. Apesar de estarem sempre à margem das histórias e das guerras, a irmandade tem muito a contribuir com seus mistérios e sua relação com o “o fogo”. E agora, ao que tudo indica, eles conseguiram conquistar Clegane como mais irmão. Ele reluta, foge do assunto, mas parece que finalmente se juntará à irmandade. Se formos observar (mapa abaixo) que Clegane e a irmandade estão bem perto de King’s Landing, já podemos imaginar cenas fortes para os próximos episódios.

ARYA STARK, "No One" :: S06E08 de Game of Thrones

ARYA STARK, “No One” :: S06E08 de Game of Thrones

O próximo núcleo de cenas que aparece no episódio se passa em Mereen. Varys vai “a uma expedição”, como ela mesmo menciona, em busca de aliados em Westeros. Péssima ideia? Ao que tudo indica, sim! Mereen está instável, mas ainda é muito mais pacífica que Westeros. Varys voltar para lá parece bastante arriscado. E Tyrion sozinho em Mereen parece mais ainda. Apesar da surpresa que nos aguarda ao final do episódio!

Após a cena de Tyrion, temos Cersei e o núcleo de cenas mais emocionante do episódio: Montanha matando um dos pardais e mostrando quem manda!… ou não…

A atitude de Montanha acaba levando os pardais a desistirem do julgamento por combate (pois eles sabem que Cersei sairia impune tendo Montanha a seu favor). E agora Cersei e Loras serão julgados e enforcados, como em um julgamento comum. Parece que não foi uma boa ideia ter mandado Jaime para Riverrun.

Falando em Jaime… o núcleo de cenas que segue é justamente de Riverrun. Jaime negocia com Lord Edmure a redenção do castelo. Blackfish é morto pelos soldados dos Lannister. Jaime permite que Brienne e Podrick fujam, para retornarem a Sansa e Jon Snow. Jaime, ainda que tenha um lado vilão, tem um coração mole ao fim de tudo. A conclusão que podemos tirar dessas cenas é apenas uma: Sansa e Jon Snow terão que enfrentar os Bolton sem exército de apoio. Pois mais uma vez eles tem auxílio negado pelas outras casas.

O interessante é que Brienne tentou devolver a espada de Jaime e ele negou. Ou seja, Brienne permanece em posse de uma espada de aço valiriano, que mata White Walkers. Maravilha para Sansa e Jon Snow, não é?

Novamente em Mereen, o núcleo de cenas mostra o inevitável: Tyrion perde seu poder de negociador e o respeito que o povo tinha por ele. Os mestres vem em centenas de navios para invadir e bombardear a cidade. Quando Greyworm, Tyrion e Missandei estão encurralados na pirâmide, sem ter como defender a cidade ou a eles mesmos, Daenerys reaparece, em uma entrada triunfal no topo da pirâmide. E, ao fundo, podemos ver Drogon sobrevoando o mar. Finalmente, a rainha retornou para defender seu povo e seu território!

ARYA STARK, "No One" :: S06E08 de Game of Thrones

ARYA STARK, “No One” :: S06E08 de Game of Thrones

Por fim, voltando a quem nomeia este episódio, temos o núcleo de cenas de Arya. Que é, realmente, o mais emocionante do episódio. Sem sombra de dúvidas, o seu clímax!

ARYA STARK, "No One" :: S06E08 de Game of Thrones

ARYA STARK, “No One” :: S06E08 de Game of Thrones

Lady Crane é morta pela aversária de Arya: Waif. Após uma sequência de cenas eletrizante, onde Arya se joga de uma sacada, corre muito, rola escadas, destrói uma feira local, abre todos os pontos da barriga, sangra e quase morre, ela finalmente mata Waif e vence.

E a cena foi sensacional! Arya apaga a única vela que ilumina o ambiente, para lutar no escuro. E por isso é capaz de vencer. Arya se tornou uma super guerreira… cega! Foi demais! Precisamos assistir a isso de novo:

Depois disso, Arya aparece na casa do Preto e Branco, mostrando a Jaqen H’ghar que matou sua adversária e que – finalmente, assumindo  – ela É ARYA STARK e não é NO ONE. E promete que voltará para casa.

Relembremos que na primeira cena do episódio, Arya diz para Lady Crane que ela pretende ir para oeste de Westeros. Porque os mapas não mostram nada lá, e ela quer descobrir o que há além do final daquelas terras.

A dúvida que fica é se ela realmente irá cumprir essa promessa ou se, pelo meio do caminho, ela vai acabar encontrando outros Stark, um certo Snow, e entrar na guerra.

O próximo episódio é o número 9. Se Game of Thrones não pegar fogo neste, esperemos pelo season finale com um copo de água com açúcar e um lexotan! O bicho vai pegar (literalmente)!

Até o S06E08, pessoal.

0

Leave A Comment

Your email address will not be published.